OESPORTE

O Conteúdo certo

Athletico Paranaense conquista o título estadual na categoria sub-17

O Athletico Paranaense abriu as portas do seu estádio na manhã deste sábado (30/11) para 4.170 torcedores fazerem a festa e empurrarem os jovens talentos do Sub-17 rumo ao título do Campeonato Estadual da categoria. Com 2 a 1 no placar [5 a 1 no agregado], o Furacão venceu o Londrina e ficou com a taça.
O time rubro-negro iniciou o jogo com três tentos na bagagem, trazidos do Interior do Estado no jogo de ida.
Sem se preocupar com o que já tinha passado, o time comandado por Julian Tobar não deixou o time londrinense respirar. A pressão alta na bola resultou em boas oportunidades quando a defesa do time adversário não conseguia construir.
Foi por pouco que a torcida não soltou a garganta quando Leonardo Costa roubou a bola, saiu na cara do gol e chutou por cima.
Depois, a torcida também teve que torcer para um chute que passou pelo nosso goleiro parasse na trave. Foi o que o Londrina conseguiu produzir na primeira etapa.
No minuto vinte, um cruzamento da direita passou por Gabriel Morais, que tinha feito dois gols no jogo de ida. Só que ela não passou por Vitor do Carmo, o “Robinho”. Ele completou na segunda trave para fazer a galera soltar a voz.
Ainda no primeiro tempo, o artilheiro das finais, Gabriel Morais (com o perdão do trocadilho), deixou o dele. A bola ficou pipocando na área, ninguém chutava, ninguém tirava. Até que o camisa 9 resolveu dar um fim na indecisão e balançou o barbante.
Aos gritos de “é campeão”, o Londrina ainda conseguiu diminuir o placar no final da segunda etapa com Thales. Nada que mudasse o brilho da partida athleticana e a felicidade dos torcedores, que pela quarta vez no ano soltaram o grito de campeão.
O jogo foi arbitrado por Leonardo Polatti Portella, sendo auxiliado por Matheus De Andrade Pereira e Rafael Wolanski Bordin.
O Athletico-PR venceu com Fred; Kauã, Dourado, João Pedro (José Lucio) e Jhonny Lira; Juninho e Affonso; Leonardo Costa (Kelvin), Jader (Marcos Vinicius) e Vitor do Carmo (Juan Makill); Gabriel Morais (Willian).
Técnico: Julian Tobar.
O Londrina perdeu com João Vitor Souto; João Vitor, Silvano, Thales e Isaque; Kesa, Luiz Gustavo e Marcos Vinicius; Caio, Daniel Santos e Cirilo. Técnico: Brandão.
Foto: Athletico Paranaense/Divulgação

Leave a Reply