OESPORTE

O Conteúdo certo

Decreto cancela jogos da primeira rodada do Campeonato Paranaense da primeira divisão

  Em Londrina o prefeito, Marcelo Belinati, atendeu ao pedido do Ministério Público e vetou a realização do jogo entre LondrinaEC x Maringá FC, foi proibindo atividades no Estádio do Café até o dia 8 de março.

 

As equipes do Londrina e Maringá até realizaram os aquecimentos normais antes da partida, mas foram impedidos de realizar a partida valida pela primeira rodada do campeonato paranaense edição 2019, a um pedido da 24ª Promotoria de Justiça de Londrina do Ministério Público que havia encaminhado uma recomendação administrativa ao prefeito e ao secretário municipal de Saúde, Felippe Machado.

Antes da recomendação da promotora Suzana de Lacerda, a assessoria da Prefeitura de Londrina havia informado que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) teria autorizado a realização do confronto.

A recomendação foi enviada pelos promotores de Justiça das quatro macrorregiões do Paraná emitiram uma nota, na tarde deste sábado, recomendando a suspensão das partidas de futebol deste fim de semana, pelo Campeonato Paranaense, nas cidades de Londrina, Curitiba e Cascavel. Os promotores aguardam resposta formal de todos prefeitos.

Gestor Sergio Malucelli e o presidente do Maringá FC, Joao Vitor Mazzer após o cancelamento da partida.

 

O ofício de Londrina acaba impossibilitando a realização do jogo no decreto especifica apenas o Café como impedido de receber jogos e não fala nada sobre o estádio VGD.  Ele, no entanto, não está cadastrado no site da Federação Paranaense de Futebol (FPF) para receber partidas oficiais.

Foi o segundo jogo do Paranaense suspenso nesta abertura do Paranaense. O jogo de FC Cascavel x Paraná, previsto para este sábado, às 19h30, foi vetado pelas autoridades sanitárias de Cascavel ainda na sexta feira com  o comunicado oficial  que o jogo não seria realizado e confirmou neste sábado, após recomendação do MP, conforme decreto oficial do Governo do Estado, deveremos ter bola rolando no estadual após dia 8 de março apos finalizar o decreto assinado pelo governador Ratinho Junior.

A realização do jogo de futebol citado, nas condições atuais, pode levar à presunção de “prática que configure a aceitação do risco de propagação de germes patogênicos” – dolo eventual, o que pode corresponder, em tese, ao tipo penal do artigo 267 do Código Penal, escrevem.

Apenas uma partida realizada na abertura do estadual o Cianorte venceu o Athletico Paranaense por 1×0, em Cianorte.

 

Leave a Reply