OESPORTE

O Conteúdo certo

Presidente do Arapongas quer colocar time na Divisão de Acesso

Disputar o Paranaense da Divisão de Acesso já em 2016. Essa será uma das metas do Arapongas Esporte Clube para a próxima temporada, de acordo com o presidente da equipe, Adir Leme da Silva, durante entrevista coletiva realizada ontem no Sindicato das Indústrias de Móveis de Arapongas (Sima).
Acompanhado do diretor de Futebol, Thiago Gasparino, ex-lateral-direito do próprio Arapongão, Adir no início da coletiva disse que era um prazer muito grande retornar ao município e poder passar algumas novidades em relação ao planejamento visando o ano que vem.
“Com força, humildade e trabalho estamos voltando com tudo, apresentando o nosso novo planejamento. Faremos melhor do que já fizemos anteriormente pelo clube”, destacou o dirigente, que atualmente também atua como gestor do Estanciano-SE.
Como está licenciado junto a Federação Paranaense de Futebol (FPF), o Arapongas terá que voltar na Terceira Divisão de 2016, mas Adir disse que quer colocar o clube diretamente na Divisão de Acesso.
“Estamos com as contas em dia com a CBF e com a Federação Paranaense e queremos voltar as competições já disputando a Segunda Divisão. A minha ideia é sugerir a Federação que acabe com a Terceira Divisão e fortaleça a Segundona. Pretendo me reunir com o Hélio Cury (presidente da FPF) e passar essa sugestão. O campeonato teria a participação de 16 clubes”, frisou o dirigente.
Em seu retorno ao clube, Adir disse ainda que terá dois parceiros de São Paulo que o ajudarão na nova caminhada do clube, campeão paranaense do interior em 2012, conseguindo assim vagas para o Brasileiro da Série D na mesma temporada e na Copa do Brasil de 2013.
No retorno a cidade, o presidente do Arapongas, destaca que espera mais uma vez contar com o apoio dos empresários, comerciantes e amigos, e colocar o Arapongas de volta no cenário futebolístico estadual e nacional.
Outra ideia de Adir é formar uma nova diretoria, com pessoas da cidade, criar um conselho deliberativo e realizar eleições de dois em dois anos no clube. No entender do dirigente, o Arapongas não é do Adir e sim da cidade.
Quanto ao Estádio do Pássaros e ao Centro Social Urbano, o Arapongas já mandou um ofício para a Prefeitura solicitando a liberação das praças esportivas, com o clube também já estudando o nome de alguns técnicos para assumir o time.
Entusiasmado, o diretor de Futebol do clube, Thiago Gasparino, disse no final da entrevista coletiva que o Arapongas voltou para ficar.

Leave a Reply