OESPORTE

O Conteúdo certo

Athew Cheboi, Nelson Mbuya e Joziane Cardoso confirmam presença na “28”

1-cartaz-prova-28-janeiro-artre-final-graficaOs atletas Mathew Kiptoo Cheboi, do Quênia; Nelson Priva Mbuya, da Tanzânia; e a paranaense Joziane da Silva Cardoso, da equipe Pé de Vento, do Rio de Janeiro, são as primeiras atrações confirmadas na 55ª edição da tradicional Prova Pedestre 28 de Janeiro, que vai acontecer no próximo dia 28, nas principais ruas de Apucarana.
O professor José Marcelino da Silva, o Grilo, um dos coordenadores da competição, confirmou nesta segunda-feira os três atletas renomados na próxima prova apucaranense e disse ainda que também estão garantidas mais uma queniana, uma etíope e uma tanzaniana.
Mathew Cheboi e Nelson Mbuya defendem a equipe Fila/Bioleve e são agenciados pelo técnico brasileiro Moacir Marconi, o Coquinho. Os dois já venceram a Prova 28. Cheboi foi bicampeão em 2005 e 2006 e Mibuya ficou com o título em 2012.
Joziane, que é natural de Nova Santa Bárbara (Norte do Estado), vem em busca da sua quarta vitória. Ela venceu a “28” em 2011, 2014 e 2016.
As outras atrações confirmadas são Emmaculate Jebet, do Quênia; Shewaye Wolde Woldemeskel, da Etiópia, e Failuna Abdi Matanga, da Tanzânia. As duas primeiras atletas também são agenciadas por Coquinho, enquanto Matanga, da equipe Luasa Sports, de Taubaté, vai correr pela segunda vez em Apucarana. Na prova de 2014, ela obteve a segunda colocação.
Outro corredor confirmado é o colombiano Sergio Alejandro Lopes Rodrigues, da equipe Luasa Sports. No ano passado, ele venceu quatro provas realizadas em seu país.
A professora Jossuela Martins Pirelli Pinheiro, secretária municipal de Esportes e Lazer da Prefeitura de Apucarana, disse ontem à tarde que mais de 1.700 atletas já haviam feito as suas inscrições.
Atletas africanos dominam a Prova 28 de Janeiro nos últimos cinco anos
Nos últimos cinco anos a corrida masculina de 10 Km da tradicional Prova Pedestre 28 de Janeiro em Apucarana, teve o domínio total dos atletas africanos. Portanto, o último brasileiro que subiu no lugar mais alto do pódio na prova apucaranense foi o brasiliense Clodoaldo da Silva, campeão em 2011. Depois disso foram duas vitórias de atletas do Quênia, duas de competidores da Etiópia e uma conquista de um tanzaniano.
Na corrida de 2012 o vencedor foi Nelson Priva Mbuya, da Tanzânia. Mark Korir, do Quênia, foi o primeiro colocado em 2013. Um ano depois, o etíope Fikadu Dimbushe, ficou em primeiro lugar. Em 2015, a primeira posição ficou com o queniano Edwin Kipsang Rotich e no ano passado o vencedor foi Dawit Fikadu Admasu, da Etiópia. No último sábado em São Paulo, durante a 92ª Corrida Internacional de São Silvestre, ele obteve a segunda colocação.
Também do Exterior venceram a Prova 28 de Janeiro o sueco Benjad Naide em 1970, o queniano Mathew Cheboi em 2005 e 2006, e Marco Joseph, da Tanzânia, em 2009. Sendo assim foram nove vitórias de competidores estrangeiros.
Para a prova do dia 28 deste mês já estão confirmados o queniano Mathew Cheboi, o tanzaniano Nelson Mbuya e o colombiano Sergio Alejandro Lopes Rodrigues, que já são apontados como favoritos para a corrida de 2017. Os dois primeiros atletas já foram campeões na “Cidade Alta”.
Tudo indica então que o tabu será mantido na competição desse ano. Até agora nenhum atleta brasileiro de elite garantiu presença na tradicional prova apucaranense.
A inscrição para a corrida será encerrada no dia 20 deste mês, no valor de R$ 50,00, e somente poderá ser feita no site www.apucarana.pr.gov.br.
A competição é organizada pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer da Prefeitura de Apucarana, tem parceria com a Caixa Econômica Federal e conta com patrocínio e apoio da Associação Comercial e Industrial de Apucarana (Acia), Unimed, UniCesumar, Sanepar, Governo do Estado, Jornal Tribuna do Norte, RTV-canal 38, TV Mais, Rede Massa, Rádio Cultura, Rádio Nova, Rádio Água Viva FM, 98 FM e Rede de Rádios FM.
Informações pelos telefones (43) 3422-5184 e 3424-0629, em horário comercial.
 FONTE: RAUL CÉSAR DOS REIS

Leave a Reply