OESPORTE

O Conteúdo certo

Os campeões da Prova Pedestre 28 Janeiro festa do Atletismo

IMG_7237A chuva ameaçou, mas não atrapalhou e um público estimado em 25 mil pessoas foi para as ruas centrais de Apucarana prestigiar na noite deste sábado (30) a 54ª Prova Pedestre 28 de janeiro, comemorativa ao 72º aniversário de Apucarana. Mais uma vez o nível técnico foi elevado, com a presença de atletas de elite, de nível internacional, tanto no masculino como no feminino.
Entre os homens os africanos se isolaram na ponta da corrida de rua, com percurso de 10 quilômetros, com duas voltas em um circuito em ruas e avenidas centrais da cidade. Desde a largada, o etíope Dawit Fikadu Admasu (vencedor da São Silvestre em 2014) liderou a prova, acompanhado do queniano Willian Kibor e do Tanziano Tiophil Panga. Num bloco intermediário corriam os cariocas e irmãos Damião Ancelmo de Souza e Cosme Ancelmo de Souza.
A prova só foi definida no quilômetro final, quando Dawit Fikadu deu uma arrancada, deixando para trás seus adversários do Quênia e da Tanzânia. Com um fôlego impressionante e passadas largas, o etíope conquistou a vitória e ainda quebrou o recorde da “28 de Janeiro”. A melhor marca anterior para os 10 km era de 29m31s, que foi batida pelo etíope com o tempo de 29m15s.
No feminino a paranaense Joziane da Silva Cardoso, conquistou o título de tri-campeã da 28 de Janeiro. Ela brigou durante todo o percurso com a queniana Carolyne Chemutai Komen e a tanzaniana Natalia Elisante Sulle, mas a partir dos dois quilômetros finais da prova, a brasileira deu um sprint espetacular, abrindo uam pequena vantagem. Joziane cruzou a linha de chegada com apenas seis segundos à frente da tanzaniana Natalia, e vinte e seis segundos de vantagem em relação à queniana.
PREMIAÇÃO – Durante a premiação no pódio, o prefeito Beto Preto destacou a organização da prova, com o sistema eletrônico e todos os atletas “chipados”. Ele também lembrou da assistência médica da Unimed; dos fisioterapeutas da FAP prestando assistência aos atletas e agradeceu a todos os patrocinadores e colaboradores. “Mais uma vez a Prova Pedestre 28 de Janeiro faz jus ao seu alto conceito entre as equipes e os atletas do Paraná e do Brasil”, assinalou Beto Preto.
Da premiação também participaram o vice-prefeito Junior da Femac; o superintendente regional da Caixa Econômica Federal (patrocinador máster da prova), Élcio de Lara Coelho; o gerente da agência local, Paulo Vançan; e o chefe de gabinete da senadora Gleisi Hoffman, Arilson Chiorato.
O técnico de atletismo Moacir Marconi “Coquinho”, que trouxe a Apucarana mais uma vez os atletas africanos, enalteceu a corrida de rua de Apucarana. “Sem dúvida é uma das mais importantes do Brasil e pode continuar crescendo e ficar ainda melhor”, opinou Coquinho.
IMG_8635 IMG_8567 IMG_7854 IMG_8367 IMG_8292 IMG_8303 IMG_7897 IMG_8589 IMG_8607 IMG_7956 IMG_7480 IMG_7249 IMG_8234 IMG_7612 IMG_7236 IMG_8571 IMG_8441 IMG_8448 IMG_8052
PROVA 28 – Promovida pela Secretaria de Esportes e Lazer de Apucarana, em parceria com o Governo Federal por intermédio da Caixa Econômica Federal, a tradicional corrida de rua em homenagem ao aniversário do município contou com patrocínio e apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Unimed, Unicesumar, Athletic Sport, Jornal Tribuna do Norte, Rede Massa/SBT, TV Mais, RTV Canal 38, Rede de Rádios, Rádio 98 FM, Rádio Nova AM, Rádio Cultura AM e Rádio Água Viva.
CLASSIFICAÇÃO
MASCULINO
1º – Dawit Fikadu Admasu (Coquinho Fila/Bioleve) – 29m15s
2º – Willian Kibor (Coquinho Fila/Bioleve) – 29m39s
3º – Joseph Tiophil Panga (Coquinho Fila/Bioleve) – 30m15s
4º – Damião Ancelmo de Souza (Bradesco/Teresópolis) – 30m42s
5º – Cosme Ancelmo de Souza (Bradesco/Teresópolis) – 30m50s
FEMININO
1ª – Joziane Cardoso (Pé de Vento/CEF/Teresópolis) – 34m56s
2ª – Natalia Sulle (Coquinho Fila/Bioleve) – 35m02s
3ª – Carolyne Komen (Coquinho Fila/Bioleve) – 35m22s
4ª – Tatiane da silva (Orcampi/Guarapuava) – 36m31s
5ª – Susane de Araújo Martins ( Londrina CEF) – 38m48s
 
“Prova 28” conhece vencedores dos cinco mil metros
Neste ano, o percurso de cinco mil metros contou com 1.243 inscritos
IMG_7362 IMG_7480 IMG_7897 IMG_7644 IMG_7632
Com o tempo de 15:58’’, o atleta Victor Santos Gomes, de 19 anos, da equipe Tucanos de Rolândia, cruzou a linha de chegada em primeiro lugar no percurso de 5 mil metros da 54ª Prova Pedestre XVIII de Janeiro. Em segundo, ficou Carlos Henrique de Souza, de 26 anos, da equipe Acorrenor de Paranavaí e, em terceiro Tauan Thiago Depieri, de 26 anos, da Acorremar de Maringá. A prova foi a preliminar da corrida principal, que teve largada às 20 horas, com 10 mil metros, contando com a participação de atletas de renome nacional e africanos.
No feminino, com o tempo de 18:30’’, a vencedora dos 5 mil metros foi Patrícia Fernanda Lobo, de 33 anos, da equipe Avulso de Maringá. Em segundo chegou Ana Paula Belarmino dos Santos, de 20 anos, do Clube Corrida EMA – Faculdade Unifamma de Maringpa. Em terceiro, Lais Maria Pereira, de 18 anos, da equipe Fecam – Caixa de Campo Mourão.
Neste ano, o percurso de cinco mil metros contou com 1.243 inscritos e teve a seguinte premiação, por faixa etária (Masculino e Feminino): troféus do 1º ao 3º lugar para as dez categorias. – Categoria de 18 a 29 anos; de 30 a 39 anos; de 40 a 45 anos; de 46 a 50 anos; 51 a 55 anos; de 56 a 60 anos; de 61 a 65 anos; de 66 a 70 anos; de 71 anos acima; Categoria Especial Paralímpico. No geral, a premiação foi troféu do 1º ao 3º colocado no geral masculino e feminino e em dinheiro para os três primeiros colocados somente no geral masculino e feminino: 1º lugar R$ 300 + troféu; 2º lugar R$ 200 + troféu e 3º lugar R$ 100 + troféu. Receberam medalhas todos os atletas inscritos que concluíram a prova.
A premiação foi entregue pelo prefeito Beto Preto, vice-prefeito Júnior da Femac, secretário Municipal de Esportes e Lazer, professor Paulo Aparecido Kisner (Paulão), chefe de gabinete da Senadora Gleice Hoffmann, e outras autoridades municipais.
Prova 28 – Uma promoção da Secretaria de Esportes e Lazer de Apucarana, em parceria com o Governo Federal por intermédio da Caixa Econômica Federal, a tradicional corrida de rua em homenagem ao aniversário do município conta com patrocínio e apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Unimed, Unicesumar, Athletic Sport, Jornal Tribuna do Norte, Rede Massa/SBT, TV Mais, RTV Canal 38, Rede de Rádios, Rádio 98 FM, Rádio Nova AM, Rádio Cultura AM e Rádio Água Viva.
Além prova com percurso de cinco mil metros e a prova principal de 10 mil metros, a “Prova 28 conta com a Vinteoitinha. Criada no ano de 2001, objetiva revelar e incentivar novos atletas do pedestrianismo, sendo disputada nas categorias Pré-mirim (10 a 13 anos de idade), Mirim (14 a 15 anos de idade) e Menores (16 e 17 anos idade). Cada categoria teve um percurso, sendo Pré-mirim mil metros, Mirim com dois mil metros e Menores com três mil metros.
História– A Prova Pedestre XXVIII de Janeiro, uma das grandes atrações do aniversário de Apucarana e do pedestrianismo brasileiro foi criada pelo engenheiro Osvaldo Otávio Pereira em 1961. A primeira competição foi realizada um ano depois em 1962, com a vitória do goiano Benedito Firmino do Amaral. Naquela época a corrida era realizada apenas pelo naipe masculino. A competição é uma das mais tradicionais do Brasil. Inicialmente, eram disputados todos os anos no dia 1º de maio, posteriormente passou a ser realizada no dia do aniversário de Apucarana, sendo denominada Prova Pedestre XXVIII de Janeiro.
Em 1968 a competição foi oficializada pela Federação Desportiva Paranaense, 10 anos mais tarde teve início a participação das mulheres nas competições, a primeira atleta campeã foi a paranaense Eva Batista Dias em 1978. No ano de 2004, a Prova foi oficializada pela Confederação Brasileira de Atletismo – CBAT. Grandes atletas internacionais já participaram da Prova Pedestre, entre os quais: Quenianos, Franceses, Uruguaios, Argentinos, Etíopes, Angolanos, Paraguaios e Tanzanianos.
A catarinense Silvia Pereira, que já encerrou a carreira, é a maior vencedora da corrida, sendo campeã em sete ocasiões. Já pelo masculino, o maior vencedor é o atleta Elenilson da Silva, do Mato Grosso do Sul, com cinco títulos.
No ano de 2001, foi criada a prova denominada Vinteoitinha, com o objetivo de revelar e incentivar novos atletas do pedestrianismo, com as categorias Mirim, Infantil, Infanto e Juvenil.
No ano de 2004, a prova foi oficializada pela CBAT – Confederação Brasileira de Atletismo.
 
 
ovens corredores mostram talento na Vinteoitinha
Cada categoria teve um percurso, sendo Pré-mirim mil metros, Mirim com dois mil metros e Menores com três mil metros.
 
IMG_7271 IMG_7265 IMG_8074 IMG_7362
Nem mesmo a chuva que caiu um pouco antes da largada tirou o entusiasmo da nova geração. Criada no ano de 2001, com o objetivo de revelar e incentivar novos atletas do pedestrianismo, a Vinteointinha abriu com estilo a programação da 54ª Prova Pedestre XVIII de Janeiro, tradicional corrida de rua em comemoração ao aniversário de Apucarana. Disputada a partir das 17 horas, nas categorias Pré-mirim (10 a 13 anos de idade), Mirim (14 a 15 anos de idade) e Menores (16 e 17 anos idade), este ano a caçula da “Prova 28” registrou recorde de participantes, contando com 448 atletas.
Cada categoria teve um percurso, sendo Pré-mirim mil metros, Mirim com dois mil metros e Menores com três mil metros.
O resultado final da 16ª Vinteoitinha foi a seguinte. Na categoria Pré-mirim, com o tempo de 3:58’’, o campeão no masculino foi Erick Gustavo da Silva Santos de 13 anos, da equipe Águia de Rancharia (SP), em segundo chegou Wellingtom da Silva Gonçalves, da equipe Centro Vocacional de Candido Mota, seguido, em terceiro, pelo colega de equipe Gabriel Henrique Sousa Rodrigues. Já no feminino, com o tempo de 4:14’’, a campeã do pré-mirim foi Brenda Kauany dos Santos, de 12 anos, da equipe Eu Corro, de Mandaguari. Em segundo lugar, a companheira de equipe Vitória Emanuelly dos Santos, de 11 anos, e em terceiro ficou Camily Temporine Alves da Rocha, de 13 anos, do Projeto Arte & Vida.
No Mirim, o mais rápido foi Luiz Guilherme de Sousa, de 14 anos, do Centro Vocacional de Candido Mota, com o tempo de 4:27’’. Em segundo, Pedro Luiz Tombolim de Sousa do Projeto Ouro do Olimpo de Atletismo de Cornélio Procópio. Em terceiro chegou Wesley da Silva Batista Pereira, da equipe Londrina Caixa IEPC de Atletismo.  No feminino, a com 4:59’’, a campeã do mirim foi Bruna Letícia Ferreira Maia, de 14 anos, da equipe Avulso de Sarandi. Em segundo, Keila Morais de Oliveira, de 15 anos, do Centro Vocacional de Cândido Mota. Em terceiro, Taina Beatriz Antunes, de 14 anos, da Fecam – Caixa de Campo Mourão.
E na categoria Menores, o grande campeão do masculino foi Jeferson Alberto dos Santos, de 17 anos, da Fecam Caixa de Campo Mourão, com o tempo de 5:29’’. Os colegas de equipe também faturaram a segunda e terceira colocação, sendo Guilherme da Silva Freres e Lucas Luan Canutto, respectivamente. No feminino, primeiro lugar para Bianca Vitória Esquerdo dos Santos, de 16 anos, do Centro Vocacional de Cândido Mota. O tempo dela foi de 6:39’’. Em segundo, Pamela de Carvalho Dias da equipe Golden Runners de Cambé, e em terceiro Camila Tenório Moreira, da equipe EMA – Maringá.
A premiação deste ano da Vinteointinha foi a seguinte: troféus e dinheiro do 1º ao 3º lugar de todas as categorias masculino e feminino: Pré-Mirim, Mirim e Menores, sendo 1º lugar – R$ 150,00 + troféu; 2º lugar – R$ 100,00 + troféu e 3º lugar – R$ 50,00 + troféu.
Competição – Uma promoção da Secretaria de Esportes e Lazer de Apucarana, em parceria com o Governo Federal por intermédio da Caixa Econômica Federal, a tradicional corrida de rua em homenagem ao aniversário do município conta com patrocínio e apoio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Apucarana (Acia), Unimed, Unicesumar, Athletic Sport, Jornal Tribuna do Norte, Rede Massa/SBT, TV Mais, RTV Canal 38, Rede de Rádios, Rádio 98 FM, Rádio Nova AM, Rádio Cultura AM e Rádio Água Viva.
Além da Vinteoitinha, a “Prova 28” principal conta com dois tipos de percurso: cinco mil metros, que teve largada às 19 horas e 10 mil metros com largada às 20 horas. Na categoria principal (10 mil metros), destaca para a participação de atletas brasileiros de renome e de atletas africanos, que têm conquistado importantes títulos pelo mundo. Neste ano, além de troféu e medalha, também teve premiação em dinheiro em todas as categorias, totalizando R$56 mil.
História– A Prova Pedestre XXVIII de Janeiro, uma das grandes atrações do aniversário de Apucarana e do pedestrianismo brasileiro foi criada pelo engenheiro Osvaldo Otávio Pereira em 1961. A primeira competição foi realizada um ano depois em 1962, com a vitória do goiano Benedito Firmino do Amaral. Naquela época a corrida era realizada apenas pelo naipe masculino. A competição é uma das mais tradicionais do Brasil. Inicialmente, eram disputados todos os anos no dia 1º de maio, posteriormente passou a ser realizada no dia do aniversário de Apucarana, sendo denominada Prova Pedestre XXVIII de Janeiro.
Em 1968 a competição foi oficializada pela Federação Desportiva Paranaense, 10 anos mais tarde teve início a participação das mulheres nas competições, a primeira atleta campeã foi a paranaense Eva Batista Dias em 1978. No ano de 2004, a Prova foi oficializada pela Confederação Brasileira de Atletismo – CBAT. Grandes atletas internacionais já participaram da Prova Pedestre, entre os quais: Quenianos, Franceses, Uruguaios, Argentinos, Etíopes, Angolanos, Paraguaios e Tanzanianos.
A catarinense Silvia Pereira, que já encerrou a carreira, é a maior vencedora da corrida, sendo campeã em sete ocasiões. Já pelo masculino, o maior vencedor é o atleta Elenilson da Silva, do Mato Grosso do Sul, com cinco títulos.
No ano de 2001, foi criada a prova denominada Vinteoitinha, com o objetivo de revelar e incentivar novos atletas do pedestrianismo, com as categorias Mirim, Infantil, Infanto e Juvenil. No ano de 2004, a prova foi oficializada pela CBAT – Confederação Brasileira de Atletismo.

Leave a Reply